terça-feira, 9 de março de 2010

Rítmo Saidi


DUM TAK DUM DUM TAK

O rítmo saidi vem do norte do Egito, a formação dele é de 4/4 com o primeito DUM muito forte e bem marcado, é marcado pelo "mismar", uma flauta (parece um zumbido de mosquito), é um rítmo folclórico bastante usado em músicas clássicas, percussão e modernas também, sendo que nas modernas o rítmo não é tão forte e não tem o mismar, aí dançamos como moderna mesmo, já nas músicas clássicas o saidi aparece por um tempo e tem a presença do mismar aí somos obrigadas a dança-lo como dança folclórica mesmo, mostrar para o público que aquela parte é diferente, que aquilo é um saidi e maneira que se dança aquele rítmo em específico. E até mesmo no solo de percussão você tem que mostrar o saidi, mesmo que não tenha o mismar, mas a bailarina deve mostrar o rítmo no quadril.
A dança saidi vem de uma sátira ao Tahtib, que é a dança masculina, pois os homens dançam imitando uma luta com os seus bastões e bengalas, que usavam para pastorar seu rebanho, e as mulheres eram proíbidas de participar e elas só observavam de longe e os imitavam, daí foi que veio a dança saidi. É uma dança muito alegre, com muito pulinho e marcações no pé,geralmente dançado com bengala ou bastão ou pandeiro, seus vestidos normalmente são longos e simples e algumas usam um lenço amarrado na cabeça.
E é também dançado descalça e com o pé no chão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...