domingo, 10 de janeiro de 2010

Dançando em casa - Como juntar os passos

É uma questão complicadíssima que atrapalha a vida tanto das alunas quanto de profissionais por aí, e não é uma coisa muito explicada em sala, não se trabalham muito. Na maioria das vezes aprendemos isso no tapa, como eu por exemplo, e mesmo assim demora para entender de fato como funciona e ficar com uma dança fluida, é uma coisa que aparenta ser "ridícula" mas que faz toda a diferença na hora que dançamos a ponto que um leigo consegue entender, porque senão fica como se você estivesse parando de dançar pra pensar no que fazer depois ou que você está fazendo pose pra foto, fica chato.
Eu confesso que eu aprendi isso sozinha e quem me deu a dica foi a Lulu Sabongi quando eu prestei a Pré-Seleção da Khan el Khalili em 2007, e infelizmente não pude ir pois torci o joelho direito, mas Deus sabe o que faz, e ela me disse as minhas seqüencias estavam quebradiças, como as bailarinas atuais mesmo, e que eu deveria estudar os sinuosos (oitos, redondos e ondulações) para ficar com a dança fluida.
Ou seja, faço um básico egípcio e quero liga-lo a um trabalho de braços, como transferir o movimento do quadril para o tronco? Nesse caso poderiamos usar um camelo invertido, ou ondulação invertida é a mesma coisa, pois faz com que você "suba" com o movimento, é um exemplo super simples mas nos mostra que vamos fazer seja meio redondo, ¹/³ de oito, seja lá o que for pra ligar um movimento no outro, só devemos pensar no seguinte: "Aonde o meu quadril parou?", "O que eu quero fazer agora?", "Como posso ir do movimento X para o Y?", mas SEMPRE usando um SINUOSO seja ele qual for.
As melhores bailarinas para se estudarem isso são as antigas, Samia Gamal, Taheya Carioca, Naima Akef, Souher Zaki, e etc.

2 comentários:

  1. Dúnia, você tocou num ponto importantíssimo. Até mesmo quem tem facilidade de aprender os movimentos nas aulas encontra dificuldades para deixar a dança fluir. A dica dos sinuosos é perfeita! bjos, Lília

    ResponderExcluir
  2. Oiiii Li!!!
    De fato a maioria das meninas sabem vários passos, mas não sabem como junta-los, criar uma dança fluída e daí começa o desespero em não saber dançar, gastar tanto, saber várias técnicas mas não saber criar uma coisa sua. E o legal dessa dica é justamente isso vai ficar uma dança "arredondada", sem quebras, gostosas de assistir.
    Bjooos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...